Verbetes

Hipócritas

Posted on: abril 5, 2009

Hipócritas: s.m. (sempre no plural); pequenos demônios cujo tamanho microscópico lhe favorece descomunal poder de ataque; colecionadores de originalidades – seu método mais conhecido de feri-las na essência atacando-as como bactérias nocivas; lêem o Antigo Testamento sem passar pelo Eclesiastes e usam o Evangelho para transformar pessoas em cordeiros; carnívoros, se alimentam de sacrifícios e culpas, confundem suor com sangue; subestimam o mundo à sua volta só para adequá-lo ao seu pragmatismo (ilusão de domínio); transformam sonhos potenciais em ilusões vergonhosas; dominam com maestria a arte da razão, da bondade e da verdade; teme quem prefere pulseiras a algemas; aparentam ser enfermeiros e médicos; cada passo do seu dia é dado na intenção de dominar conclusões ignorando que a isso só cabe a morte; só conseguem contemplar o firmamento sentados no fundo de um poço, donde o infinito não os questiona os prazeres animalescos; divinizam e idolatram por pura incapacidade de se sustentarem por si mesmos, por isso seu Deus tem equação, fóssil e prova cartesiana; Hipocrates, donde vem a origem grega da palavra que começou a fabricar a saúde em série, confusão comum que se faz entre qualidade e quantidade.

“(…) tudo depende do tempo e do acaso”. Eclesiastes.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

A vida é um carrossel de significados…

template

— Daniela é assim como um jardim selvagem — disse tio Ed olhando para o teto. Como um jardim selvagem... Tia Pombinha concordou fazendo uma cara muito esperta. (...) Mas, e um jardim selvagem? O que era um jardim selvagem? Foi o que lhe perguntei. Ele me olhou com um ar de gigante da montanha falando com a formiguinha. — Jardim selvagem é um jardim selvagem, menina. — Ah, bom ! eu disse”. Lígia Fagundes Telles - O jardim selvagem. In Antes do Baile Verde.

Por letras

Registro

Creative Commons License Verbetes by Daniela Mendes is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 2.5 Brasil License. Based on a work at verbetes.wordpress.com. Permissions beyond the scope of this license may be available at https://verbetes.wordpress.com/.

Folow me

%d blogueiros gostam disto: